Vila Olímpia: dez anos de valorização constante

Maristela Orlowski
 
Mercado imobiliário explora a localização estratégica, nas proximidades da Berrini.

A grande transformação do perfil imobiliário da Vila Olímpia – localizada na zona sul de São Paulo – ocorreu há pouco mais de dez anos. Hoje, modernos arranha-céus tomaram o lugar de antigos casarões e galpões industriais, e o mercado está aquecido tanto para os imóveis comerciais como para os residenciais. Especialistas acreditam que a valorização dos imóveis da região ganhe até 30% nos próximos três ou quatro anos.

O bairro – situado no quadrilátero entre a Marginal Pinheiros e as avenidas Juscelino Kubitschek, Santo Amaro e Bandeirantes – tornou-se importante pólo econômico, caracterizado por edifícios corporativos. De acordo com a consultoria Jones Lang La Salle, entre 2000 e 2006 o estoque de escritórios da região aumentou 77%, de 270 mil para 477 mil metros quadrados. Em 2000, apenas 19% (50 mil metros quadrados) eram de alto padrão. Hoje, os imóveis de maior qualidade são 34%.

A coordenadora de avaliação e pesquisa Lílian Feng lembra que o primeiro empreendimento de altíssimo padrão surgiu em 2003: o Continental Square, complexo de hotel e torre de escritórios construído pela Inpar. “De 2003 para cá, 88 mil metros quadrados de alto luxo foram entregues, ou seja, 55% do total do estoque disponível.” Para a coordenadora, esse desempenho se deve à localização estratégica da Vila Olímpia, considerada uma extensão da região da Avenida Engenheiro Luís Carlos Berrini. Em 2006, o espaço ocupado bateu o segundo recorde, com 205 mil metros quadrados construídos.

De acordo com o diretor da Colliers International, André Strumf, as empresas “pontocom” invadiram os edifícios no início dos anos 2000 – que, na época, tinham lajes entre 300 e 500 metros quadrados, divididas em conjuntos menores. “A região ficou conhecida como o Vale do Silício brasileiro.” Depois, vieram as multinacionais, que hoje disputam o lugar com empresas de tecnologia, arquitetura e publicidade, além de profissionais liberais. “Atualmente, a demanda é por espaços maiores, entre 600 e 800 metros quadrados.”

De olho nesse mercado, a Bueno Netto – que atua desde o início da década de 1990 no local – está construindo seu 11º empreendimento corporativo de alto padrão na região: o Capital Center, na Rua Olimpíadas. O diretor de novos negócios da empresa, Guilherme Bueno Netto, diz que o edifício possui 13 andares e 700 metros quadrados de laje. “O mercado de escritórios melhorou muito nos últimos anos. Hoje, a procura por grandes metragens é alta, mas a oferta é pouca. Temos até propostas para locar o prédio inteiro”, diz Bueno.

Para o especialista, esse é um dos fatores que devem influenciar a valorização dos escritórios. Ele diz que o preço dos aluguéis de empreendimentos com o mesmo padrão situados na região da Faria Lima estão mais altos, na faixa de R$ 90 o metro quadrado, diante de cerca de R$ 70 do local. Mas a falta de terrenos apropriados para a construção de edifícios comerciais de alto padrão pode encarecer os imóveis. “Não há terrenos livres. O que ainda existe são pequenas casas, que podem ser demolidas para a construção de novos prédios.”

Residências – A expansão imobiliária na Vila Olímpia também é verificada no segmento residencial. Segundo o Sindicato da Habitação de São Paulo (Secovi-SP), de 2000 até o fim do ano passado, 2,6 mil unidades desse tipo foram lançadas na região. A maior expansão foi em 2003, com 773 lançamentos, um incremento de 345% frente ao ano anterior. Já em 2006, foram 322 unidades, 14,6% a mais que em 2005. Há cinco anos, o preço médio do metro quadrado chegou a R$ 4,05 mil, mas caiu em 2003 para a faixa de R$ 3,06 mil. De lá para cá, voltaram a se valorizar, atingindo R$ 3,9 mil no ano passado.

Confiante nessa boa fase, a Bueno Netto lançará brevemente o Vida Olímpia, um condomínio-clube localizado em terreno de 2,5 mil metros quadrados na Avenida Dr. Cardoso de Melo. São duas opções de apartamentos, com três e quatro dormitórios, de 95 e 131 metros quadrados, e Valor Geral de Vendas (VGV) de R$ 25 milhões. O lazer é completo, com piscina com raia de 25 metros, sauna, jacuzzi, espaço gourmet, lan house, praça das babás, espaço mulher, brinquedoteca, playground e fitness, além de terraço com churrasqueira. Segundo o executivo da construtora, o metro quadrado ficará entre R$ 3,5 mil e R$ 4 mil.

Bueno Netto diz que o cenário está muito positivo, tanto no lado econômico como no ambiente. “Já não existem tantas boates e bares como antigamente; a noite está mais tranqüila; a avenida ligando a Faria Lima com a Marginal será finalizada; e um novo shopping, ao estilo do Pátio Higienópolis, será construído.”

Para o diretor-comercial da Rossi Residencial, Marcelo Dadian, o único problema é o acesso viário. “As ruas são estreitas e de mão única. Mas o lugar é estratégico e possui alto potencial de valorização.”

Shopping deve mudar o bairro

A construção do Shopping Vila Olímpia, em um terreno de mais de 20 mil metros quadrados, situado na Rua Fidêncio Ramos, já está mexendo com os ânimos das incorporadoras e construtoras, assim como dos investidores do mercado imobiliário. Além de valorizar as casas, apartamentos e imóveis comerciais da região, a chegada do novo empreendimento vai mudar a cara do bairro, segundo o diretor de novos negócios da Bueno Netto, Guilherme Bueno Netto. “A Vila Olímpia vai ganhar mais vida.”

A comercialização do shopping, projetado pela Multiplan em parceria com os grupos Plaza e Helfer, começou oficialmente no fim do mês passado. O novo centro de compras terá aproximadamente 200 lojas, restaurantes, nove cinemas e teatro. O empreendimento deve consumir in-vestimentos da ordem de R$ 320 milhões. De acordo com informações do prospecto de oferta, o Shopping Vila Olímpia terá área bruta locável total de 25,8 mil metros quadrados. A inauguração do centro está prevista para 2009. ( MO )

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s